quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Cegonha Carioca é pioneira no Brasil

O Programa Cegonha Carioca já funciona desde o ano passado. Vale a pena falar um pouco porque é muito interessante.

Qualquer mulher, em qualquer idade, pode procurar o Núcleo de Saúde da Família, Postos de Saúde, Centros de Saúde ou Policlínicas, até mesmo as UPAS e Maternidades, com a suspeita de que está grávida. Ou mesmo com o exame já feito.


Esta mulher será acolhida e, confirmada a gravidez, ela será inscrita no Programa Cegonha Carioca. Se ela aceita entrar no Programa, terá acompanhamento durante o pré-natal. Também é agendada uma visita à Maternidade onde ela terá o bebe.  Na hora do parto, ela vai ligar para o telefone 2599-4744*, e a Central vai mandar uma ambulância pegá-la e levá-la para a Maternidade que ela já conhece.

A Central vai identificar se a gravidez é de risco, e neste caso a ambulância que será enviada será especial, será uma ambulância obstétrica.

*Este telefone só pode ser utilizado por gestantes inscritas no programa, que também receberão um kit com tudo que o bebe precisa.

O Programa Materno Infantil vai atender a todo o Brasil, mas o Rio de Janeiro é o primeiro a implantar. Já funciona na Rocinha e em Bangu. Ao longo de 2012 será implantado no restante do Rio de Janeiro.

Hoje está sendo promovido o Módulo de Transporte. A promoção pública só é feita quando já está tudo em pleno funcionamento. Parabéns, Rio de Janeiro!

Este Programa é operado pelo município, através da organização social CEP 28, nome dado por causa da Vigésima Oitava Enfermaria da Santa Casa de Misericórdia, do professor Dr. Resende.

Um comentário:

  1. É uma pena que em Belford Roxo ainda não podemos contar com este projeto tão maravilhoso. Tenho um enorme sonho de ser mãe, mas me preocupa as condições do SUS. Já ouvi nos telejornais diversos casos de mães que perderam seus filhos por falta de atendimento. Infelizmente minhas condições financeiras não me permitem sonhar com um acompanhamento médico particular. E o tempo não pára. Já vou fazer 30 anos de idade, estou tentando fazer uma poupancinha para quando eu ficar grávida poder arcar com as despesas, que eu sei que não são poucas. Por isso que estou tão feliz com este projeto e ao mesmo tempo sem muitas esperanças por não saber quando vão adotar tais benefícios aqui para as humildes mulheres de Belford Roxo. Obrigada pelo espaço! E parabéns ao blog!!! Ass. Adriana F. Batista.

    ResponderExcluir